counter

    A Reforma da Previdência Social foi um dos principais temas deste ano e tirou o sono de muita gente, principalmente dqueles que trabalharam uma vida e que hoje correm o risco de terem que ajudar este governo a tapar um rombo, tidos por nuitos como fictício, em função dos ralos que se escancaram a todo momento. Seguidamente as pessoas ficam perplexas com revelações da forma absurda como é gasto o dinheiro público e em aposentadorias escandalosas de altas personalidades, algumas das quais bem protegidas do governo comandado pelo PMDB. O que faz um José Sarney para receber a estúpida aposentadoria de R$ 73,7 mil mensais? Uma pergunta a ser respondida por todos aqueles que querem mexer no bolso do aposentado comum Para quem não sabe, esse elemento abocanha mensalmente R$ 33.471,11 como ex-governador do Maranhão, mais R$ 14.278,69 como servidor do Tribunal de Justiça do seu estado e outros R$ 29.036,18, como ex- senador.Não há país que aguente a casos deste porte, desta magnitude de esbanjação, que faz sobrar numa ponta e faltar tanto na outra. A Justiça Federal de Brasília tem se empenhado ao máximo para que Sarney devolva tudo o que recebeu acima do teto de R$ 33 mil desde 2005 mas o desfecho é imprevisível, num país em que muitos dos julgadores são de extrema confiança do Executivo, como que Ccs. Mas as coisas que envolvem a família Sarney são assim, geralmente reconchudas. Sua filha Roseana Sarney, que também foi governadora do Maranhão e tem o mesmo direito do pai de embolsar R$ 33.471,11 de pensão vitalícia e mais R$ 23.800,00 como aposentada do senado, onde atuou como funcionária do pai e como senadora. A mesma Roseana que não conseguiu explicar os cerca de R$ 1,3 milhões  que foram encontrados  em 2002 em sua empresa Lanus Participações e Serviços, no episódio que também teve o envolvimento de seu marido Jorge Murad.São exemplos e mais exemplos de como essa gente administra mal o caixa de uma nação mas quando as coisas vão mal eles conseguem repassar para todos os brasileiros, sempre vítimas das corriolas governantes.Agora no apagar das luzes de 2017 o presidente Michel Temer em mais um gesto de gratidão com o ministro Gilmar Mendes, do TSE e do STF, nomeia sua ex-mulher, a advogada Samantha Ribeiro Meyer como conselheira da Itaipu Binacional, empresa que controla a Hidrelétrica de Itaipu em Foz de Iguaçu. Com esta portaria de nomeação, publicada no Diário Oficial da União de 12/12/2017 o senhor Temer garante um emprego cujo salário é de R$ 40.000,00 mensais para a ex-mulher do amigo, que tem sido uma mão na roda, para mantê-lo distante das grades, pelo menos  até 2019.Além do monumental salário, essa advogada de tantas virtudes agora apontadas, embora a maior seja ter sido mulher do ministro,  terá que cumprir horário “árduo e penoso”“, devendo comparecer uma vez por mês ao trabalho, num total de doze reuniões por ano. Só resta saber  se terá vales-transporte e refeição.

Coisas do Brasil de anos passados que esperam por um basta definitivo

Sizenando pronto para reassumir

   Beneficiado por decisão unânime do TSE em outubro, José Sizenando deverá reassumir sua cadeira nos próximos dias em substituição ao vereador Barriga, que foi se mantando no cargo em função dos recursois interpostos.

   Com a decisão os 354 votos obtido pelo candidato a vereador Marcos Rogério Nogueira da Silva, do PTB, foram anulados e eleficou inelegível por filiação partidária fora do prazo e com isso o vereador Rafael Pereira Dutra, o Barriga, perde sua cadeira para o candidato do DEM.

   O PTB estava coligado com PV, PSC e PSD. Com isso, e pela soma dos votos das legendas uma das vagas ficou com o vereador Rafael Pereira Dutra, que se manteve no cargo beneficiado por liminar monocrática de ministro do TSE Herman Benjamin.

   Com esta posse a eleição para a presidência da Câmara Municipal de Pelotas pode ficar nula já que teve como votante um vereador eleito de forma irregular, que já tinha contra a sua permanência a decisão do nTSE bem antes da eleição da mesa local.

Sanep: Um bom negócio para prefeitos descomprometidos com a transparência

   Não foram poucas as vezes que tocamos nessa grave ferida do Sanep, onde prefeitos sem escrúpulos se valem de determinados tipos que aceitam ser laranjas hoje para virarem bagaço amanhã.As contas de 2015 de Jacques Reydams, criado por Fetter Júnior e requentado por Eduardo Leite, são um escárnio e tudo isso foi motivo de análise e julgamento do MP de Contas do Rs. Sua gestão foi um deboche e o mais lamentável  é que os principais ordenadores não foram e não estão sendo responsabilizados e assim é como eles gostam. Então observe o que que aconteceu em 2015, apurado pelo TCE-RS e alguém vai ter que pagar essa conta e aí é que o tal Dudu teria que dar muitas explicações e até mesmo desembolsar parte dos estragos deixados.Segundo o MPC, Jacques foi multado em R$ 150.000,00 e ainda contra si fixação de débitos de R$ 23.979,61 + R$ 34.328,19 + R$ 500.320,44 + R$ 270.907,74 + R$ 472.352,16 + R$332.559,57 + R$ 10.729,73 + R$ 146.320,36 + R$ 150.088,64 , numa brincadeira que passa dos R$ 2 milhões.

    Como se vê, o gestão de Jacques Adolphe Reydams foi altamente predadora, conforme parecer nº6557/2017 do MPC. O conjunto das irregularidades descritas, sobretudo dispensa indevida de licitação na contratação do Banrisul Serviços  prática de preços acima do índice do IPCA/IBGE, sem justificativa jurídica reajustes de preços acima da variação do IGP-M sem justificativa jurídica  contrato celebrado com base em dispensa de licitação, com prazo indeterminado, inércia na cobrança de créditos tributários irregularidades nas Concorrências Públicas nº 02/2011 e nº 01/2011  revela a prática de atos contrários às normas de administração financeira e orçamentária e se reveste de relevância bastante para ensejar a irregularidade das contas do Gestor. O prefeito Eduardo Leite sempre soube das irregularidades e sempre teve medo de afastá-lo, repassando-o para a atual, talvez por razões muito fortes que ajudam a custear campanhas. Agora se sabe que Paula quer tirá-lo e ele não sai, pois tem a chave do cofre e talvez alguns rabos bem presos.Se ele cair pode provocar o efeito dominó e respingar em campanhas majoritárias. Ou não? Jacques também escapou de ser julgado pelo Tribunal do Júri pela morte de um operário que foi soterrado quando trabalhava numa obra de um de seus parceiros da construção civil.


   O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ), iniciou o ano como terminou o de 2017: defendendo a aprovação da Reforma da Previdência. O parlamentar, que lidera as articulações do presidente Michel Temer (PMDB) para colocar em votação o texto com as mudanças no sistema previdenciário brasileiro, usou o twitter na manhã desta terça-feira (2/1) para dizer que a proposta do governo é “a mais importante reforma social do país”.

    Maia afirmou que as mudanças na Previdência são necessárias não apenas para resolver o problema de desequilíbrio fiscal da economia. “Há uma urgência, sim, que o Brasil volte a ser um país seguro para atrair investimentos. Mas mais do que isso, aprovar a reforma é a única forma de garantirmos que o aposentado, o servidor público, o trabalhador jovem irão receber suas aposentadorias num futuro próximo. Adiar a aprovação desta reforma é também empurrar para o futuro a urgência de uma agenda social que mude de fato a vida do brasileiro”, disse.

   Em dezembro, o presidente da Câmara pretendia colocar o texto da reforma em votação, mas o governo não conseguiu os 308 votos necessários para aprovar as mudanças pretendidas. Na volta dos trabalhos, em fevereiro, será o primeiro item articulado pela base de Temer.


Só uma intervenção para salvar o Sanep


    Já faz um bom, tempo que o Sanep é duramente penalizado pelos prefeitos e os piores momentos foram nas gestões de Fetter Júnior e Eduardo Leite, continuando na gestão de Paula Mascarenhas, pessoas não tiveram qualquer critério para fazer a autarquia funcionar plenamente, inclusive com fatos que em qualquer republiqueta bosta botaria os envolvidos na cadeia.

   No governo Fetter foi um festival da mais pura sacanagem, quando seu nomeado Ubiratan Anselmo fez horrores com todo o respaldo oficial mas só ele foi punido e está entre os administradores públicos que tem que ressarcir pelos estr4agos que deixou e seu nome fazs parte da galeria dos maus administradores no TCE-RS. O prefeito nunca quis saber das irregularidades, tanto que se escondeu por um bom tempo do diretor Gilberto Caldeira, já falecido, que tinha um amplo relatório sobre todas as falcatruas que ocorriam na empresa.

    Já em 2009 numa edição impressa do Poucas & Boas publicamos como funcionavem os esquemas entre o prefeito e seu amigo progressista Ricardo Jouglard, proprietário de uma retrroescavadeira que rendeu uma nota preta, cuja contratação foi aberta no início do ano e detectada pelo Tribunal de Contas quase no final do ano. Época em que Jougolard tinha uma irmã plantada dentro da autarquia e vários amigos para proteger, com destaque para Caco Villar, de vínculos muito fortes com o ex-prefeito.  

    Agora neste final de ano vem mais este absurdo da criação criação de mais 17 cargos de confiança no Sanep, tudo com cheiro de forte esquema político para beneficiar Eduardo Leite, cujos pudores políticos nunca estiveram muito distantes das lixeiras mas que sabe enganar como poucos. O projeto foi para a Câmara e aprovado, numa das maiores patifarias desta gestão, que faz tudo o que a prefeita manda em troca de favores e vantagens e os exemplos estão aí escancarados como o caso do vereador Ademar Ornel, cuja amante e comprovadamente improba, ganha mais de R$ 7 mil mensais na autarquia para ficar a maior parte do tempo no gabinete do “love” ou do vereador Anderson Garcia, cujo irmão Alexandre Garcia ganhou a presidência do Sanep, tutelado pelo conhecido Agostinho Martins Neto, o Guto, que faz o que bem entende na política local e que trabalha para entregar a empresa para a iniciativa privada.

   O Sanep é um bem de todos os pelotehnses, não de corriolas políticas e aproveitadores que fazem de tudo para inviabilizá-lo. Por isso a única saída para a salvação deesta empresa seria uma ação que buscasse a intervenção, com a designação de diretores com esses grupos que só emporcalham a política local. Se existe uma saída que leva a uma intervenção, que seja buscada o mais rápido possível, antes que eles passem nos cobres esse respeitável bem público.

     



 


Paula,Guto e Alexandre: O trio da operação desmonte

Encerramento melancólico da gestão de Luiz Henrique Viana como presidente da Câmara Municipal em 2017 com a aprovação de seu projeto concedendo gratificação por insalubridade e periculosidade para os funcionários do Legislativo, que já tinha sido prática de outros presidentes. Nada explica este benefício, que é extremamente desgastante para o vereador, que até estava sendo bem visto para concorrer a deputado estadual pelo PSDB. As pessoas esperavam mais dele e não acreditavam que fosse tão distanciado com a transparência. Trabalhou como os demais, apenas para atender os compromissos de seus superiores políticos.

Marília Mendonça

  Impressionante o salto das mulheres na disputa com os cantores sertanejos em 2017. Deram de relho e uma delas é a Marília Mendonça, até mesmo com um título como este: Amante não tem lar. Em todos os shows elas encantam o público, com todos os tipos de temas, até mesmo os mais cafonas.