HENRY MANCINI - THE SUMMER PLACE

Diário da Manhã

Clique aqui e acesse o site

Apollo11.com  

Pelotas no satélite

como colocar contador de visitas no site
>

Acessos


www.poucaseboas.net - Contato: ab.silveira@ig.com.br

www.poucaseboas.net - O site do jornalista A.B.Silveira

   Henry Mancini, nascido Enrico Nicola Mancini, (Cleveland, 16 de abril de 1924 — Beverly Hills, 14 de junho de 1994) foi um compositor, pianista e arranjador americano. Dono de um apuro estético muito sofisticado no arranjo de suas músicas e tendo sido um melodista excepcional, ele é melhor lembrado como sendo um dos mais conhecidos compositores de trilhas sonoras para a televisão e o cinema, ganhando um número considerável de prêmios Grammy (incluindo um em reconhecimento em 1995).Foram vários os temas que marcaram a sua carreira mas The Summer Place, tema do filme Amores Clandestinos, do ano de 1959, está eternizado.Uma valsa inesquecível.

CLIQUE

Legislativo aprova LDO de 2015 com várias emendas

Será que ainda existe alguém com alguma dúvida de que Pelotas foi loteada para um seleto grupo de aproveitadores? Será que a venda do Parque do Trabalhador para o SESI, parte da Praça dos Enforcados para empresários amigos de Fetter Júnior, isenção de IPTU para a CDL e Associação Rural,a entrega do lixo para duas empresas que consomem R$ 2,5 milhões mensais, comando do Sanep nas mãos do Sinduscon e a própria eleição do prefeito Eduardo Leite ainda deixa alguma dúvida de que a cidade foi vendida ou arrendada?

FOTO DA SEMANA

Ademar Ornel conquista sétimo mandato como presidente da Câmara Municipal

      Foi com muita alegria que o vereador Salvador Ribeiro (PMDB) participou da assinatura da lei 6.170 que altera artigos da lei n° 4.963/2003, sobre a regulamentação do Conselho Municipal do Idoso, no gabinete do prefeito, no dia 12 de dezembro. Além do vereador, o representante do conselho Flávio Acosta Soares também participou do ato da assinatura.

       As alterações tratam do dever da família de fornecer ao idoso os cuidados necessários, a obrigação do Poder Público em garantir ao idoso o cumprimento do Estatuto, bem como o direito da pessoa idosa em ter qualidade de vida.

    Segundo a lei sancionada houve algumas alterações no âmbito das competências e também na composição do Conselho. Serão 14 conselheiros indicados para um mandato de dois anos, sendo sete escolhidos para representar o Poder Público e sete a sociedade.

     Está entre as atribuições do Conselho, fiscalizar os níveis de atendimento e qualidade de vida do idoso que esteja em regime de internação ou semi-internação, tanto em órgão públicos como privados. Para o vereador a alteração da lei que regulamenta o conselho do idoso no município foi mais um avanço em prol da categoria que ocorreu neste ano.

       Lembrando o ano de 2014, Salvador destacou o projeto do IPTU que inicialmente não contemplava os aposentados nem os idosos. A lei recebeu uma emenda do parlamentar isentando os aposentados e idosos que possuam um único imóvel utilizado como moradia, que tenham idade igual ou superior a 65 anos, com renda de até 2,5 salários-mínimos cujo valor venal do imóvel seja até 3,500 URMs (Unidade de Referência Municipal).

       Ribeiro encerrou o encontro com o prefeito solicitando que em 2015 se obtenha mais agilidade em relação ao Fundo Municipal do Idoso que há dois anos encontra-se sob a apreciação do governo. Segundo o vereador, o prefeito elogiou a proposta e prometeu analisar a proposta com rapidez no próximo ano.


Prefeito sanciona a lei que cria o Conselho Municipal do Idoso

Um dos bons exemplos do ano

Enquanto muita gente esperneava contra a regulamentação dos trailers de lanches, determinada pelo Ministério Público, o proprietário da Jairo Lanches, que funciona na rua Barão de Azevedo Machado esquina General Osório, tratou de se adequar ao que estava sendo cobrado pela Prefeitura Municipal de Pelotas.E o resultado é este da foto.Um trailer movel, moderno e sem qualquer reparo, que deve servir de exemplo aos que fizeram de tudo para impedir a regulamentação proposta e determinada pelo Ministério Público de Pelotas, que obteve mais esta conquista.

O ex-prefeito Adolfo Fetter Júnior, que quando jovem era conhecido como Tom,não se faz de rogado e espera ser contemplado com um cargo no governo de José Ivo Sartori, mesmo tendo esculhambado Pelotas em seus seis anos e meio de desgoverno.Com o filme bem queimado por aqui,agora tenta entrar num governo que não é dele e se for contemplado com alguma coisa,será apenas por favor de algum mau político do PP.

   Depois de uma sessão prolongada, a Câmara Municipal aprovou, na tarde de quarta-feira, 17/12, a Lei de Diretrizes Orçamentárias, LDO, para o ano de 2015. Para chegar à aprovação, os parlamentares realizaram uma audiência pública, na noite de terça-feira, com a presença de técnicos da Secretaria Municipal de Receita. Na manhã de quarta, houve reuniões das comissões de Orçamento e Finanças e de Constituição e Justiça, além do plenário. Nesta quinta, 18, entra em discussão a Lei Orçamentária, onde a expectativa é de apresentação de novas emendas, além das 14 já encaminhadas pelos vereadores.

   A maior parte das emendas à LDO foi relativa ao Programa de Mobilidade Urbana, para pavimentação e manutenção de vias públicas, incluindo avenidas e ruas de bairros e vilas, incluindo também a Praia do Laranjal e Colônia Z3. Os parlamentares pedem a conservação de 25% das ruas pavimentadas e a ampliação de 50% da pavimentação existente.

  Também foi apresentada emenda ao Programa de Intervenções Urbanas para o Balneário dos Prazeres, visando a requalificação, qualificação e reconstrução da orla da Lagoa e da Praça Aratiba. O projeto de Requalificação da Balsa foi emendado para Requalificação de Bairros, incluindo, além da Balsa, o Areal, Navegantes, Laranjal, Sítio Floresta e Três Vendas.

 “Foi um esforço dos vereadores para oferecer contribuições as mais variadas visando a atender as demandas de segmentos sociais”, disse o presidente do Legislativo, Ademar Ornel.

   Audiência – Vários questionamentos foram apresentados na audiência pública realizada na terça-feira. Estavam presentes os técnicos contábeis Ottoni Sérgio Xavier e Maria Elisa Klum, da Secretaria Municipal de Receita, a quem coube apresentar a LDO de 2015.

  Os parlamentares questionaram a disparidade de valores do IPTU. Durante a votação do imposto, em novembro, a Prefeitura afirmou que a arrecadação em 2015 seria de aproximadamente R$ 20 milhões a mais. Mas, de acordo com a LDO, chegará a R$ 33 milhões. “Para onde vai esse dinheiro?”, questionou Ivan Duarte (PT).

  A arrecadação de multas, o pagamento do estacionamento, a verba para o Carnaval, a situação do funcionalismo foram alguns dos temas levantados durante a audiência pública.