fbpx

Saiba quais são os países mais perigosos para dirigir

Se você olhar para as estatísticas, o lugar mais perigoso para dirigir é Niue, com uma taxa de mortalidade na estrada de 68 por 100.000 habitantes.

Onde? Niue. Uma ilha de 260 quilômetros quadrados no meio do Oceano Pacífico, com apenas 234 quilômetros de estradas. Mas antes que pensamentos ruins sobre acidentes de carro invadam a sua cabeça, você precisa saber que a população de Niue é de apenas 1.500 pessoas!

Tragicamente para todas as pessoas da ilha (porque todo mundo deve conhecer todos os outros habitantes), houve uma morte na estrada em 2013. Assim, apesar da anomalia estatística, é provavelmente o lugar mais seguro do mundo para se estar na estrada.

O mais perigoso

O lugar que realmente está no topo da lista de perigo ao volante é a República Dominicana com 41 mortes por 100 mil habitantes – e falta de população não é desculpa.

A nação caribenha tem tráfego intenso, principalmente motocicletas. Os locais carregam todos os tipos de carga, dirigem rápido, ignoram certas regras da direção e eventualmente desfrutam de uma bebida “forte” antes de dirigir. As estradas estão em péssimas condições e os carros ainda piores. Em sua defesa, a razão pela qual a República Dominicana encabeça esta lista é porque não existem estatísticas de trânsito do vizinho Haiti, que, segundo alguns viajantes é muito pior!

República Dominicana

A República Dominicana não é um dos locais favoritos dos brasileiros para passarem suas férias, muito menos quem vem em segundo lugar na lista de condução perigosa, a Tailândia. Mas é sempre bom estar informado!

Venezuela, Irã, Nigéria, África do Sul, Iraque e Omã compõem o resto da lista das “mais de 30 mortes por 100 mil habitantes”. Só para se ter uma ideia, a taxa de mortalidade da Austrália é de 6 por 100 mil.

Qualquer um que tentou atravessar a estrada na cidade de Ho Chi Minh deve estar se perguntando como diabos o Vietnã não está no topo da lista? Aparentemente, o truque para atravessar esta estrada é andar devagar, propositadamente, e o tráfego fluirá ao seu redor.

Curiosidade

Menção especial deve ser feita à Rússia, que apesar de ser uma potência econômica e um país industrializado, mantém uma taxa de sinistralidade de uma nação em desenvolvimento.  Os russos sabem do problema e por isso, tornou-se prática comum instalar uma câmera de vídeo no painel do carro para captar o que acontece nas ruas. As imagens ajudam a provar a inocência do condutor e a reduzir o preço da renovação do seguro.

Aliás, você pode perder horas de sua vida assistindo compilações de acidentes de trânsito na Rússia, vendo as formas inovadoras que alguns motoristas interpretam as regras de trânsito, assustador!

O relatório global da Organização Mundial de Saúde sobre a segurança rodoviária de 2013 (de onde todos estes dados foram retirados) diz que as principais causas de mortes na estrada são a velocidade, o álcool, a falta de formação dos motoristas e a falta de uso de dispositivos de segurança. Portanto, independentemente das leis locais sempre use o cinto de segurança, ou um capacete de boa qualidade e vestuário protetor adequado, além é claro de obedecer as regras de trânsito.

Aproveite e confira o nosso artigo 10 razões para comprar um seguro viagem.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp